Conheça o Varejo Phygital e entenda como ele vai transformar a relação com os clientes

Conheça o Varejo Phygital e entenda como ele vai transformar a relação com os clientes

Soluções tecnológicas avançadas conquistam cada vez mais espaço no varejo. Prova disso é que foram realizadas transformações significativas, desde as discussões a respeito de Pontos de Vendas (PDVs) “Omnichannel” ao uso de aspectos digitais para serem inseridos em ambientes físicos — o chamado Varejo Phygital —, um novo caminho que não deve ter fim tão cedo.

Neste post, apresentamos as principais características desse novo conceito, como é a relação com esse cliente, os desafios da novidade para as empresas, além de explicar qual será o papel dos colaboradores diante de um perfil de loja Phygital. Confira!

O que é Varejo Phygital e quais as principais características?

Esse novo conceito emergiu a partir de um entendimento cada vez mais aprofundado do atual estilo de vida das pessoas. Afinal, além de exigirem transparência, os clientes de hoje buscam informações novas e soluções rápidas a todo instante.

Nesse cenário, atender às demandas desse público, no fundo, é disponibilizar uma relação comercial mais personalizada, simples e ágil, utilizando a tecnologia como meio para alcançar o objetivo de ser Phygital.

Para tanto, é necessário investir em algumas áreas a fim de se adaptar à nova realidade exigida pelo setor varejista, em que as soluções disruptivas como Analytics, Inteligência Artificial, Blockchain ou Realidade Aumentada fazem a toda diferença, como:

  • novas fórmulas de distribuição, com sistemas para melhorar a gestão de estoques e transportes;
  • ferramentas e aplicações setoriais (sites, soluções de etiquetagem, frotas, gestão de tarifas, etc.);
  • soluções de gestão empresarial, entre outras.

Dessa forma, o Phygital se projeta como ações que têm o objetivo de engajar e aproximar os clientes de uma empresa e, posteriormente, fidelizá-los — um aspecto crucial para a estratégia de marketing de qualquer marca.

Como é a relação com esse tipo de cliente, tanto no digital quanto no PDV?

O principal fator que permeia a relação com esse perfil de cliente é a não limitação do espaço físico da sua empresa, tampouco o digital. Ao contrário, a ideia é que haja uma integração entre esses dois espaços.

Da mesma forma, não devemos acreditar que o legado do marketing offline será substituído pelo novo movimento do marketing online. A verdade é que eles precisam coexistir, no intuito de oferecer a melhor experiência ao cliente.

Portanto, partindo da premissa que as pessoas mais exigentes buscam por experiência diferenciadas, por que não proporcionar isso a elas?

Essa é a principal intenção do Varejo Phygital. Aliás, a definição desse conceito condiz com o trabalho da tendência Omnichannel, em que o usuário se encontra imerso tanto no ambiente físico quanto no digital.

Quais os desafios dessa transformação para as empresas?

Os mais recentes hábitos de compra estão associados à criação de novos marketplaces, virtuais ou físicos, em que o comprador sente satisfação pessoal durante o processo.

Com isso, os principais desafios das empresas é fazer com que o momento da compra seja um prazer emocional e não uma obrigação para o seu cliente, assim como:

  • não deixar tudo se resumir à loja;
  • permitir que a tecnologia exerça seu papel de conhecer melhor o público;
  • viabilizar a compra híbrida;
  • trazer mais segurança para o cliente;
  • entender que as mídias sociais são os canais de maior influência.

Qual será o papel dos vendedores e atendentes diante desse novo perfil de loja?

O papel dos colaboradores diante do Varejo Phygital, de maneira geral, é o mesmo dos marketplaces que, ressignificados, ofertam cada vez mais experiências agradáveis para estimular os clientes, tangibilizando a marca.

A ideia é que o ambiente digital possa potencializar a loja física no momento em que a marca se posiciona com eficiência em todos os espaços. Entre outras oportunidades, o cliente pode testar tanto as formas de relacionamento quanto produtos. Em outras palavras, a cada dia mais, converter é apenas uma consequência da empatia criada pela empresa.

Por fim, é preciso ter em mente que as empresas de sucesso serão aquelas que estão aproveitando o máximo potencial do Varejo Phygital para trazer resultados diferenciados ao longo do tempo.

Se este artigo foi interessante para agregar valor ao seu conhecimento, compartilhe-o agora mesmo em seu perfil nas redes sociais!

Quer materiais gratuitos?

Fique por dentro das
novidades

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão todos os conteúdos e estratégias para o sucesso da sua empresa.

Fique por dentro das novidades
Newsletter

Quer saber mais sobre Métricas de Experiência do Cliente?

Newsletter Newsletter