fbpx

8 em cada 10 brasileiros já compraram pelo WhatsApp. Como usar o app a seu favor

8 em cada 10 brasileiros já compraram pelo WhatsApp. Como usar o app a seu favor

O aplicativo está presente em praticamente todos os smartphones no Brasil e, com uma estratégia adequada para este canal, é possível vender mais

Quem nunca comprou nada pelo WhatsApp, logo vai comprar. Com a ascensão da omnicanalidade, cada vez mais usuários têm aderido às compras e vendas pelo WhatsApp, um canal com grande potencial para quem vende. 

Segundo a Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado e consumo, 79% dos brasileiros já compraram um bem ou serviço via aplicativo, com pagamento por meio de links de pagamento, transferência ou na entrega do produto.

O WhatsApp está presente em 98% dos smartphones no Brasil, de acordo com o Panorama Mobile Time/Opinion Box. É um número semelhante à penetração das TVs nos lares brasileiros, que está presente em 97% dos domicílios, conforme aponta o Ibope. 

Com este boom, é como se os vendedores pudessem atingir todos os usuários de smartphones do país, mas, assim como as emissoras de TV precisam conquistar o telespectador, cada vendedor também precisa converter sua audiência. 

E como fazer isso? Veja dicas para atrair clientes, oferecer boas ofertas, facilitar o pagamento, realizar uma boa entrega e fidelizar as compras pelo WhatsApp

Como atrair clientes pelo WhatsApp

O primeiro desafio é criar uma lista com os números de pessoas interessadas naquilo que você tem para oferecer. 

Com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), não é mais permitido recorrer à compra de dados, uma opção que foi bastante comum por décadas.

Agora, a melhor forma de ter acesso aos contatos dos clientes é por meio da troca. 

Use o gatilho mental da reciprocidade e procure oferecer um conteúdo de valor para o seu cliente para que ele concorde em ceder o seu número de celular. Porém, lembre-se de deixar registrado que, ao fazer a troca, ele concorda em receber as suas informações. 

Alguns exemplos: se você tem um perfil no Instagram, divulgue um cupom de desconto que o cliente só terá acesso se solicitar via WhatsApp. Se possui um site, escreva um e-book e peça um cadastro para que o usuário possa baixá-lo gratuitamente. 

Outra maneira bastante efetiva, mas um pouco mais trabalhosa de criar sua lista de contatos para venda no WhatsApp é divulgando seu produto ou serviço para familiares, amigos e conhecidos. 

Os interessados retornarão e poderão compartilhar seu número com outros potenciais clientes, e, com o boca a boca, você constrói a sua rede. 

Homens digitando no Whatsapp fazendo vendas pelo whastapp.

Quais as melhores ofertas para o WhatsApp

Quem usa o WhatsApp Business, uma versão do app para empresas e pequenos negócios, conta com algumas funcionalidades que tornam as ofertas mais atrativas para o usuário, a começar pela criação do seu próprio catálogo de produtos. 

Neste catálogo, é possível incluir fotos e informações sobre os bens e serviços que estão sendo comercializados, de modo que o cliente já veja um panorama do seu negócio. Quem tiver dúvidas ou se interessar, pode mandar uma mensagem para o vendedor. 

Outra ação que pode ser feita para oferecer boas oportunidades a seus clientes nas vendas pelo WhatsApp é um benefício exclusivo para compras feitas por este canal.

É o caso de descontos, compras do tipo 2 por 1, envio de brindes e produtos vendidos somente pelo app (caso você tenha uma loja física, e-commerce ou venda nas redes sociais).  

Uma iniciativa bastante interessante e que tem se popularizado no Brasil é o envio de descontos, promoções e ofertas para uma lista de transmissão de forma ativa. Afinal, todo mundo adora um precinho mais baixo.

Neste caso, é preciso ter recorrência, mas sem bombardear o usuário. Além disso, personalize as mensagens de acordo com a etapa do funil de compras que o cliente se encontra. 

Como fazer o pagamento das compras no WhatsApp

O WhatsApp já conta com a própria ferramenta para realizar pagamentos. É o WhatsApp Pay.

Recém-lançada, essa ferramenta permite transferir valores entre duas partes sem necessidade de usar o aplicativo bancário. Assim, a venda é totalmente feita na plataforma. 

A opção só está disponível por enquanto para quem tem cartões de débito das bandeiras Visa ou Mastercard emitidos por Itaú, Bradesco, Inter, Nubank, Mercado Pago, Banco do Brasil, Next, Sicredi ou Woop. É preciso cadastrar o cartão no Facebook Pay para começar a usar essa facilidade. 

Há, ainda, outras alternativas. 

O pagamento mediante envio de comprovante do PIX ou da transferência bancária tradicional ainda é significativo nesse tipo de venda. 

Se a entrega for realizada presencialmente, o vendedor pode oferecer a maquininha de cartão para o cliente fazer o pagamento na hora da entrega. A estratégia também vale para quando o cliente vai retirar o item. O recebimento em dinheiro também é válido. 

Como realizar entregas pelo WhatsApp

Ao contrário de plataformas como Mercado Livre, Ifood e Enjoei, o WhatsApp não conta com uma operação logística própria. 

Portanto, para vender por meio do aplicativo, o vendedor precisará pensar em um sistema de entregas por conta própria. 

Quem possui um negócio pequeno e local, é possível pensar em entregas feitas de forma direta, após combinar um ponto de encontro com o cliente, como a casa ou uma estação de metrô. Essa entrega pode ser mais econômica. 

As operações regionalizadas podem se beneficiar da retirada pelo cliente. Essa pode ser uma segunda opção oferecida ao comprador.

Você também pode despachar via Correios ou transportadoras, depois de embalar o item corretamente. Neste caso, o preço do frete poderá ser mais elevado, mas você poderá enviar produtos para todo o país. 

Também é possível contratar uma operação logística externa, de empresas de motoboy, que levam o produto embalado por toda a cidade. Ou ainda, apostar em empresas responsáveis por todo o manuseio, embalagem e entrega do bem – uma alternativa mais cara, porém eficiente. 

Independente do modelo de entregas adotado, é primordial que o produto esteja nas mãos do cliente no dia combinado e no menor prazo possível. Isso contribui para a tomada de decisão do cliente. 

Altas chances de fidelidade

É claro que um atendimento exemplar, um produto ou serviço de qualidade e um preço competitivo também impactam na fidelização do cliente, e, para isso, não há uma receita de sucesso. É preciso encontrar o que serve para cada negócio. 

Este é um guia básico para as vendas pelo WhatsApp, e quem se atenta a ele tem muito mais chances de voltar a fazer negócio com o mesmo cliente. 

Não deixe de apostar nas vendas feitas pelo aplicativo, pois este é um canal que está só começando. 

E, para aproveitar todo o potencial do serviço, conte com a SAX, líder em métricas de CX, para fazer uma avaliação online das suas operações para que o WhatsApp se torne um grande contribuinte para o sucesso do seu negócio. 

Quer materiais gratuitos?

Fique por dentro das
novidades

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão todos os conteúdos e estratégias para o sucesso da sua empresa.

Fique por dentro das novidades
Newsletter

Quer saber mais sobre Métricas de Experiência do Cliente?

Newsletter Newsletter