A estratégia fulfillment no varejo: saiba o que é e como aplicá-la em um negócio

A estratégia fulfillment no varejo: saiba o que é e como aplicá-la em um negócio

O fulfillment é um conceito essencial dentro da logística. Isso porque, o seu conjunto de operações atua para atender o cliente de forma completa. Assim, busca integrar atendimento, tecnologia e marketing. Veja como alavancar o seu varejo com essa ideia.

E então, o que é fulfillment?

De modo prático, esse termo é usado dentro do setor de logística. Portanto, abrange desde o momento em que se compra um produto até a fase final, da entrega para o cliente. 

Para aplicar esse conceito, então, torna-se essencial que todo esse processo aconteça em etapas como:

  1. Conferir o item no estoque;
  2. Separar;
  3. Fazer a revisão;
  4. Enviar para o cliente;
  5. Confirmar se ele recebeu o pedido.

O fulfillment, ao contrário de outras estratégias, adapta-se com perfeição ao varejo online. Além disso, a ideia é que com esse método se garanta a satisfação do cliente, a fim de que ele se torne fiel a sua loja. 

Como isso funciona?

Esse processo funciona como um elo de ligação dentro da cadeia de suprimentos de um negócio. Hoje em dia, este é um conceito que vem sendo aplicado cada vez mais. Afinal, o varejista sabe que precisa estar atento, em primeiro lugar, à experiência do cliente.

Isso significa atendê-lo com eficiência e entregar os seus pedidos de forma confiável e precisa. Com isso, torna-se possível garantir a sua satisfação. Nenhum cliente gosta de atrasos, ainda mais que o comportamento pós-pandemia mudou e ele está mais exigente. 

O que, de fato, importa para o cliente?

Hoje, ele paga a mais para garantir uma experiência de máxima qualidade. Portanto, isso abrange, dentre vários fatores, uma entrega ágil e uma comunicação sem falhas.

Um caminhão está carregando e descarregando mercadorias em um depósito e os produtos estão organizados seguindo as etapas do fulfillment

Qual a importância desse conceito?

O fulfillment é essencial no processo de logística. Isso porque, ele garante que o produto chegue ao cliente da melhor forma possível, ou seja, de modo ágil e sem dor de cabeça. 

A partir disso, tal ação gera satisfação e quem sabe, abre caminho para que aquele cliente se fidelize e ainda recomende o seu varejo a amigos, bem como, familiares. 

O intuito também é reduzir possíveis erros ao máximo, a fim de deixar o cliente feliz e com vontade de voltar ao seu comércio o quanto antes, a fim de fazer novas compras.

Como acontece uma operação de fulfillment?

Para que essa estratégia de vendas online tenha o efeito positivo esperado, ou seja, que possa ser otimizado, torna-se essencial seguir com algumas etapas. Assim, confira quais são.

Estoque

Nesta etapa inicial, os produtos devem estar separados e organizados. Além disso, também é vital que aqui tenha-se atenção com o armazenamento. Ou seja:

  • Saber o número de itens guardados;
  • Quais devem ser entregues aos clientes finais.

Separação

Com tudo em ordem no estoque, a mercadoria que o cliente adquiriu vai para a fase de separação. Assim, neste momento, alguém deve fazer o registro em um sistema que a mesma foi retirada, para que o produto não fique listado na área do armazém.

Embalagem

Nesta etapa do fulfillment, uma das mais importantes, o produto deve ser muito bem embalado. Afinal, quanto mais intacto estiver, maior a satisfação do cliente.

Transporte

Aqui é essencial escolher o tipo de transporte ideal para o item em questão. Então, se a sua loja vende eletrodomésticos, a melhor opção é um caminhão, sem dúvida.

Pós-entrega

Criar um canal pós-vendas para os clientes é crucial. Por isso, seja por chatbots, e-mail ou WhatsApp, o seu varejo deve investir em um meio de comunicação facilitado.

Fulfillment, como melhorar o processo?

A teoria dessa estratégia é bem simples e promete fazer um negócio crescer. No entanto, para aplicar na prática é necessário que o varejista invista em:

  • Consultar especialistas no assunto;
  • Tecnologia;
  • Fazer testagem e experimentos.

Dito isso, há algumas dicas essenciais a seguir, a fim de que você aprimore esse processo dentro do seu comércio. Para garantir o seu sucesso e conquistar a satisfação dos clientes.

1 – Aprenda a segmentar os SKU’s

É preciso que a sua loja virtual faça a segmentação dos SKU’s. Esses são codinomes que as empresas usam para classificar os seus produtos. Portanto, são utilizados no lugar do nome original do item.

Isso deve ser planejado ao organizar o estoque. Por exemplo, suponha que uma parte do espaço conta com mercadorias apenas na cor preta. Assim, o SKU deve ser segmentado com um código que remete a essa característica.

Na verdade, esse método dentro do fulfillment serve para que se encontre mais fácil e rápido um produto. Ou seja, ajuda a otimizar o processo.

2 – O fulfillment precisa da tecnologia a seu favor

Hoje em dia, a tecnologia é a maior aliada de qualquer negócio. Ainda mais quando se fala em e-commerces. Dessa forma, utilizar softwares integrados é essencial para centralizar todos os dados sobre as suas vendas.

Acima de tudo, a partir disso, dá para checar cada etapa do processo e o status de cada pedido de uma maneira bem mais simples e prática.

Use de maneira inteligente

Invista em um sistema que permite o acesso pela internet e pelo celular. Assim, o varejista pode ficar atento a tudo que acontece em sua loja de onde quer que esteja. 

3 – A terceirização pode ser uma boa ideia

Para aplicar o fulfillment, reduzir as despesas e auxiliar na operação do seu e-commerce, terceirizar certos serviços é uma alternativa. Aliás, isso não quer dizer que está abrindo mão do controle de seu negócio, mas sim investindo para torná-lo cada vez melhor.

Conheça a necessidade de sua empresa

Antes de optar pela terceirização, no entanto, analise os prós e os contras. Mas, essa ação pode ser muito boa para a sua empresa, pois promete agilizar processos que aconteciam de modo mais lento. Assim, a sua equipe pode focar no que mais importa, o cliente.

O fulfillment pode te ajudar a alavancar o seu negócio

Sabe-se que o setor de varejo está cada vez mais competitivo. Portanto, investir em inovação e tecnologia se torna quase uma obrigação para não ficar para trás e perder clientes.

Dito isso, agregue os serviços de monitoramento de CX da SAX em sua loja para dar um passo adiante para melhorar os seus processos de operação, bem como, entregar experiências com a máxima qualidade aos seus clientes.

Quer materiais gratuitos?

Fique por dentro das
novidades

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão todos os conteúdos e estratégias para o sucesso da sua empresa.

Fique por dentro das novidades
Newsletter

Quer saber mais sobre Métricas de Experiência do Cliente?

Newsletter Newsletter